Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Os Estudantes De Hoje.

 

Conversa entre dois estudantes, com idades entre os 15 e 17 anos, que vinham comigo na camioneta:

 

Estudante 1: Então segunda-feira vais à escola?

 

Estudante 2: Não, vou-me baldar... vou gozar o meu último dia de férias em grande!

 

Estudante 1: Eu ainda não sei se vou... é melhor gozares o último dia... é que depois nem vais ter tempo de coçá-los...

 

Estudante 2: Olha não vou...!!! Coço-os durante as aulas...

 

E ainda andam por aí a dizer que os estudantes não fazem nada! Com o novo Estatuto do Aluno, os alunos ficam tão ocupados, mas tão ocupados, que para os pobrezinhos os coçarem... só mesmo enquanto a professora explica quanto é 2 mais 2...! {#emotions_dlg.lol}

 

Just kidding!

 

De Volta Ao Palanque.

 

Após umas micro férias, regressei ao activo. Cheguei feliz e contente à escola e ainda mais contente fiquei depois de ter encontrado o Donaltim no café e ele me ter dito que havia novidades nas salas. Mentalmente, esfreguei as mãos de contentamento, pois isso significava que, finalmente, todas as salas tinham quadros interactivos. Só não me passou pela cabeça o que me esperava.

 

Assim que entrei na secretaria, vi logo uma caixinha de livros e um teatrinho de fantoches que tinham chegado para mim. Ai que ainda fiquei mais contentinha. Só é pena umas editoras serem tão rápidas a fazer, pelo menos, parte da entrega dos materiais e outras demorarem sé-cu-los!

Levei os quilos de livros para a sala de apoio para depois fazer a contagem e a distribuição.

 

Depois disto, fui fazer a ronda das salas. Comecei pelos 3 anos. Fui dar uma beijoca à minha P. e ao meu pintainho, que assim que me viu, largou a brincadeira e veio agarrar-se a mim. E por acréscimo depois vêm outras crianças que me conhecem de vista mas que também levam beijocas.

 

Depois passei pelo recanto das cuscas que me miraram de cima a baixo e de baixo a cima. Não percebi se estavam a apreciar a minha blusa nova ou se tavam a cortar em mim. Também não me fez diferença. Se se sentem bem, falem. Achei piada foi à lata de me virem perguntar acerca de uma colega delas que se foi embora, qual tinha sido o motivo. Ahahahahah! Se estavam à espera de tirar nabos da púcara... enganaram-se! Elas bem ficaram à espera que eu lhes dissesse algo elucidativo, com sumo. Mas eu não disse. Embora eu saiba muita coisa, são coisas que me foram confiadas e que ninguém tem nada a ver com isso. Foi vê-las a ficar inchadas... Hihihihi!

 

Finalmente subi ao andar de cima. Ai! Aí é que vi a minha vida a andar para trás! Estava tudo em revolução por causa dos quadros interactivos. é que, por acaso, não tiveram mais dia nenhum para instalar aquilo sem ser o primeiro dia de aulas... Que cena, meu! Pensei logo que o tempo que tive a preparar as minhas aulas de hoje tinha sido em vão.

 

Mas o pior foi ter de andar a trocar de sala. Não é que os homenzinhos dos quadros andavam atrás de mim, ou seja das minhas aulas?! Para onde quer que fosse dar uma aula, os gajos adiantavam-se e pimba! Levavam para lá tudo para instalar os quadros. Só me apeteceu provocar ali um curto-circuito. Havia de ser uma risota do camandro ver os homenzitos a sair da sala desdentados, mascarrados e de cabelos em pé!

 

e foi assim o meu primeiro dia de aulas: sem sala, a andar a passear miúdos de um lado para o outro, a constatar que os miúdos cresceram imenso e que até regressaram de férias calminhos... vamos ver até quando!

O Meu Novo Nick.

 

(Digam lá que o meu Pimentinha não é fofinho... {#emotions_dlg.drool})

 

Decidi mudar de nick. Não me costumo fartar das coisas mas neste caso fartei-me. Enjoei-me. Cheguei à conclusão que o meu nick antigo já não tem nada a ver comigo. Começou a irritar-me o “-inha”, o facto de não ter um nome mesmo. Comecei a sentir-me “diminuída” com o “-inha”.

 

Resolvi, então, mudar de nick. Após muito pensar e ponderar decidi começar a utilizar o nick Miss Pepper. E porquê este nick? Por variadas razões:

 

- Por ser um nome feminino, embora não tuga;

- Por me sugerir uma pessoa divertida e, de certa forma , amiga de “picar” os outros (no bom sentido, claro) e eu sou um bocado assim;

- É uma homenagem ao meu bichinho lindo chamado Pimentinha (para quem não sabe, pepper é pimenta);

- Porque adoro pimenta rosa. É a minha preferida e que uso nas minhas aventuras culinárias.

 

Por isso, from now on, I’ll be

 

MISS PEPPER

AKA

Pessoinha

 

Pleased to meet you!

{#emotions_dlg.funchal}

E Foi Assim...

 

Fui à médica tal como ela me tinha mandado. Levei as minhas análises e ecografia. Quanto aos lipomas, nada a fazer por enquanto. Se me doerem, então a conversa será de "facada".

Quanto às análise, ela disse logo que "não estava nada bem". Colesterol, diabetes e coisas do género estão bem, o que está mal são os valores da tiróide. Já não me faltava mais nadinha, né?

 

Lá me explicou que o cansaço e letargia que ando a sentir tinha a ver com isto e eu acrescentei ainda o facto de me andar sempre a engasgar, e a dificuldade em respirar se levantar os dois braços ao mesmo tempo (se estiver a fazer um rabo de cavalo).

Receitou-me uns comprimidos, que são o tratamento, depois mais para a frente vou fazer novamente análises e ecografia.

 

Amanhã vou tomar o meu primeiro comprimido, antes de me levantar da cama e em jejeum. E amanhã é também o meu primeiro dia de aulas. Se aquilo me faz ter uns efeitos secundários estranhos, os putos fogem todos com medo de mim! Ahahahahahha!

O que vale é que os meus pequenos já me conhecem bem e sabem o que a casa gasta!

 

O que me deixou chateada foi eu queixar-me que tive um brutal ataque de alergia ontem e ela dizer-me que não há nada a fazer senão tomar os anti-histamínicos. Que o único tratamento é este. Chuif! e depois não se admirem de eu andar piradinha da batatinha. É impossível vencer o power daqueles gajos!!!

Abaixo Os Atchins! ... Atchooo... !

Depois do dia de ontem, com uma crise de alergia que não lembra a ninguém, hoje estou boa para não mexer uma palha.

 

A crise de ontem foi terrível. Não me passou com nada. Tomei dois anti-histamínicos quando só devo tomar um, meti o spray nasal e as gotas dos olhos e mesmo assim não passou. A única forma de passou foi mesmo ir para a cama e dormir durante a noite.

 

Hoje estou de ressaca, claro está. Estou cheia de dores nos rins, na caixa torácica de tanto a encher para espirrar, tenho a língua toda dorida por causa dos espirros pois cada vez que sai um, os dentes tocam na língua e os olhos estavam tão afectados que nem via nada. Tenho o nariz todo em construção: está todo dorido e cheio de peles alvoroçadas.

 

Resumindo: ontem estava imprópria para consumo, estava mesmo incapacitada para fazer io que quer que seja. Hoje estou um bocadinho melhor, tirando as dores e as tonturas. Vamos lá ver como vai correr o dia…

Snoopy, O Cão Raivoso.

 

Há um cão que vive numa rua aqui paralela, que é pequeno, castanho e mau, muito mau. Mas mau porquê, podem perguntar vocês. Então vou explicar o porquê e enumerar as suas façanhas e as dos donos.

 

De há uns tempos para cá e não sei qual o motivo que desencadeou tal ódio, que este cão, de nome Snoopy mas que Snoopy não tem nada, sempre que vê alguém da minha família ou o meu Bóbi... ataca!!!

 

Um dia, ia eu muito descansadinha na rua a caminho do café para ir tomar a minha dose de cafeina, quando vejo um cão a correr em direcção a mim todo furioso. E o mais ridículo é que o cão estava preso à trela. Que eu saiba, e pela minha experiência enquanto dona de dois cães, quem controla a trela é o dono, damos mais ou menos comprimento consoante as circunstâncias. E não é que o cão não me mordeu porque parou a um centímetro das minhas calças pois atingiu o limite da trela? A parva da dona pediu desculpa e tal e eu não tive outro remédio senão dizer "deixe lá" com cara feia conforme me afastava.

 

Para ir tomar café ao meu sítio habitual, tenho de passar pela rua onde vive o cão raivoso. Houve uma vez em que eu vinha de tomar café e ia a caminhar calmamente pelo passeio do prédio onde o raivoso vive. Por pouca sorte foi nessa mesma altura que o sacana veio à rua. Bem, assim que me vê, desata a correr a toda a velocidade na minha direcção e abocanha-me as calças. Lá vem a dona com o "ai desculpe" do costume ao que eu respondo "deixe lá" com cara feia.

 

Mas a coisa tem ficado cada vez mais feia. Como o cão raivoso já tentou morder o meu irmão, o Bóbi também já lhe mostrou os seus belos dentes branquinhos e a força do seu belo corpinho. Mas nem assim o sacana do cão raivoso se assustou. A sua maior ousadia foi no dia em que eu ia a entrar para o carro, o sacana me vê e voa em minha direcção. Dessa vez os dentes tocaram mesmo a minha pele e quase que entrava para dentro do carro. Não fosse um grande safanão meu e rapidez em fechar a porta e a esta hora ainda tinha os dentes de um cão agarrados à perna.

Mais uma vez o "ai desculpe" da praxe a que acrescentou "está bem? rasgou-lhe as calças?". Desta vez a minha resposta foi outra e disse à dona que o cão me mordeu sem gravidade mas que não pode trazer o cão para a MINHA RUA sem ser à trela, porque um dia destes me vai mesmo morder a sério. E o pessoal todo da rua assitiu à cena de circo...

 

Mas parece que o que eu disse à dona caiu em saco roto. Deve mesmo estar à espera que eu tome medidas mais drásticas. Então não é que quer o dono, quer a dona, vêm com o cão raivoso fazer os cocós e xixis para um terreno baldio que existe aqui nas traseiras SEM TRELA? E o que é que acontece? Dá asneira, pois tá claro!

O sacana do cão assim que atravessa a estrada, vem a correr com toda a velocidade, lança-se contra a parede do prédio a ladrar, na tentativa de subir pela janela. Ainda por cima, bate sempre nas janelas da minha vizinha de baixo, que ainda não ficou sem vidros porque tem os estroes para baixo. Então e se por acaso, algum de nós precisar de sair à rua na altura em que o cão vai fazer o servicinho? Somos comidos vivos? É que os donos sabem o que o cão faz e continuam a alimentar este comportamento.

 

Estou a pensar seriamente em arranjar um balde de água e mandar ao cão quando ele vier saltar para a janela. Mas quem devia levar o balde de água não era só o raivoso... eram os donos também! Se estivessem na minha posição o que fariam? {#emotions_dlg.mad}

 

Presa à Cadeira.

 

Hoje tem sido um dia muito engraçado. Tenho estado todo o dia no PC a trabalhar e, por solidariedade, o Bóbi tem estado sempre ao pé de mim.

 

Quer dizer, ao pé de mim, não... por baixo de mim. Também não é dessa maneira que estão a pensar senão esmagava o bichinho.

 

Não é que o sr. Bóbi, que deve achar que é muito pequenino porque nós dizemos que ele é um bebé, passou a tarde toda deitado debaixo da minha cadeira? E o mais giro é que, praticamente, só cabe debaixo da cadeira a cabeça, as patas da frente e um bocadinho do peito.

Não percebo qual é a graça de estar horas a fio deitado num espaço exíguo, debaixo de uma cadeira... O relaxe é tão grande que até começa a ressonar alto, parece um combóio.

 

Será que pensa que está dentro de uma casota? Ou pensará que estando debaixo de mim se a cadeira não se partir está protegido? Julgará que está à sombra? Ou sentirá que ali está mais fresco? Pois não sei...

 

Chegou a hora do almoço dele e a minha mãe veio chamá-lo: "bóbi, bóbi". E o gajo comilão à colher como é, nem pestanejou. Veio o meu pai meter-se com ele, a fingir que ia comer a comida dele (só cá entre nós, como o bóbi sabe que o meu pai não pode comer certas coisas por causa dos diabetes, o cão nem o deixa aproximar-se dessas coisas pois desata logo a ladrar para ele) e ele nem mexeu o rabo. O preguiçoso só se mexeu quando eu me mexi na cadeira.

 

Tenho estado todo o dia refém da cadeira, presa a ela por causa do sr. Bóbi. E se eu tento sair à socapa, muito devagarinho da cadeira, o bicho sente e dá cá um salto que vai a cadeira pelos ares. Pudera! O gajo em pé é mais alto que o tampo da cadeira...!

 

Esta imagem foi retirada da net mas o Bóbi gosta de se deitar assim. A diferença? É que o Bóbi é muito maior do que este!

 

Eu é que sou o Bóbi!!!

 

O Primeiro Do Resto Dos dIas.

Finalmente acabou o mês de Agosto e com ele a minha responsabilidade do colégio e de me levantar às 6.40 (ai que soninho!) para estar à hora certa para acolher as crianças. Sinceramente, e no fim das contas, até gosto de lá estar em Agosto e estar com as crianças. Não acho uma seca, nem uma-chatice-porque-não-se-faz-nada, como a minha auxiliar leva o mês inteiro a apregoar aos sete ventos. Talvez se ela fizesse o que lhe compete e não passasse a vida ao telemóvel ou a ir lá fora fumar cigarros, a "seca" não fosse tão grande. Mas isto sou só eu a aventar hipóteses.
Para acabar o mês em beleza, não é que perdi a hora pela primeira vez nestes anos todos em que tenho ficado no colégio em Agosto?! Até tinha colocado o despertador mais cedo para ter tempo de dar uma banhoca antes de sair de casa pois levei a noite a transpirar (não sei se vos aconteceu o mesmo) e a ter pesadelos. Um deles até foi com a mana cara-de-bruxa. Argh!
O despertador tocou, desliguei e virei-me para o outro lado. Quando despertei eram 7.12!!! A camioneta era às 7.15... goodbye Maria Yvone!
Lá me arranjei e saí de casa o mais rápido possível para não perder a camioneta seguinte. Acabei por chegar apenas 5 minutos atrasada e não tinha ainda ninguém à minha espera.
E como o último dia não podia acabar calmamente, adivinhem que foi passar o dia comigo? A pestinha-mor. Ah pois é! Mas até tenho de dizer que ela está bem melhor. O seu comportamento tem vindo a melhorar aos bocadinhos pequeninos mas já se nota um boa diferença.
Tenho de vos confessar que até gostava de estar no colégio amanhã. Gostava de ver a cara do pessoal ao ver os espaços novos, gostava de ver as fuças da cozinheira quando vir que a sua ex-ajudante foi para outras paragens e que agora tem uma ajudante nova. A senhora parece-me bem simples e simpática, até tenho pena dela quando ela descobrir que vai ter de trabalhar directamente com uma víbora. Antes de me vir embora, fui desejar-lhe boa sorte. ela devia ter pensado que era por causa da enchente das crianças mas não. era mesmo por causa da víbora que só se sente feliz a lixar os outros. Mas como esta há outra no colégio mas vestidas de pele de coelho.
Bom, hoje dormi mais um bocadinho, fiz um bocadinho de ronha na cama e depois fui tomar um café à rua. E agora perguntam vocês: e que vais fazer nestes próximos dias de férias? Então, o que é que havia de ir fazer... preparar o início do ano lectivo! {#emotions_dlg.barf}

Pág. 2/2